Conheça os Apps espiões que podem estar te monitorando o tempo todo

Conheça os Apps espiões que podem estar te monitorando o tempo todo

Alguns aplicativos populares do seu Smartphone podem estar espionando você ativamente, monitorando seus hábitos e até tirando fotos da sua atividade e enviando-os para terceiros afim de levantar informações valiosas a seu respeito. Essas capturas de tela e vídeos de suas atividades podem incluir nomes de usuários, senhas, números de cartão de crédito e outras informações pessoais importantes.

Objetivos dos Apps espiões

Segmentar melhor você para publicidade

Com o crescimento exorbitante do market digital, as empresas passam cada vez mais a buscarem informações mais específicas dos usuários, para que elas consigam otimizar as suas propagandas.

Vender suas informações para empresas

O aplicativo "lanterna" estava monitorando os locais de seus usuários e vendendo as informações para anunciantes terceirizados. Esta é uma prática comum hoje em dia, apesar de não ser ética.

Roubar sua identidade

Endereços, senhas, informações bancárias e muito mais. As pessoas tendem a ter esse tipo de informação armazenada em seus dispositivos móveis, tornando-os um alvo fácil para os ladrões de identidade.

Monitorar você ou um outro dispositivo

Há também os aplicativos que monitoram especialmente o seu dispositivo, assim como, pode ser usado por você para espionar o dispositivo de uma outra pessoa. As razões variam quanto ao motivo pelo qual alguém precisaria de um programa de espionagem.

David Choffnes, professor da Universidade Northeastern, diz "Descobrimos que todo aplicativo tem a capacidade de gravar sua tela e qualquer coisa que você digita". Os pesquisadores analisaram 17.260 aplicativos Android, retirados do Google Play, AppChina, Mi.com e Anzhi, e descobriram que alguns deles estavam espionando os usuários de várias maneiras.

Por exemplo, cerca de 9.000 aplicativos solicitaram permissão para usar a câmera ou o microfone do telefone. Desses 9.000 aplicativos, 12 estavam enviando capturas de tela do que o usuário estava fazendo para desenvolvedores de aplicativos ou terceiros mal-intencionados.

Os aplicativos que estavam espionando os usuários só podiam fazê-lo usando as permissões que tinham sido concedidas pelo usuário. Isso significa que você precisa ser extremamente cuidadoso ao concordar com solicitações de permissão de apps que está sendo baixado.

Aplicativos de mídia social podem ser considerados Apps espiões?

O Facebook foi forçado a alterar sua política de privacidade após a violação de 2018 pela Cambridge Analytica, por coletar informações sobre seus usuários. Eles fizeram isso porque a sua conta de mídia social tem todas as informações que os anunciantes desejam. Até mesmo mensagens particulares podem ser hackeadas.

O alcance do Facebook vai além de seu próprio site. Muitos outros sites permitem que você faça login usando suas credenciais do Facebook. As suas visitas a esses sites podem ser rastreadas. Embora o Facebook seja o único a ser discutido no momento, todas as outras formas de mídia social coletam seus próprios dados com base em sua atividade.

Em 2015, houve um processo focado no Twitter, onde a empresa estava sendo acusada de está espionando as mensagens diretas dos usuários. O processo alegou que o Twitter estava espionando mensagens diretas para aumentar sua publicidade. Basicamente, a mesma coisa que o Google foi atacado por fazer anteriormente.

Outro fato curioso ocorrido também no ano de 2015, foi o aplicativo Netflix para Android que chegou a solicitar acesso ao microfone, alarmando algumas pessoas que se perguntavam por que um aplicativo de streaming de filmes gostaria de ter acesso ao microfone. A empresa disse que só queria permitir que os usuários ligassem para o atendimento ao cliente de seus tablets e não planejava ouvir suas ligações telefônicas (ou seus comentários pessoais sobre filmes).

O que é SMI ou SOCMINT?

A SMI (Social media intelligence), refere-se às técnicas e tecnologias que permitem que empresas ou governos monitorem sites de redes de mídia social, como Facebook ou Twitter.

Isso inclui o monitoramento de conteúdo, como mensagens ou imagens postadas, e outros dados, gerados quando alguém usa um site de rede social. Essas informações envolvem pessoa a pessoa, pessoa a grupo, grupo a grupo e incluem interações privadas e públicas.

Os métodos de análise dos sites de redes sociais variam. Os métodos podem incluir a revisão manual do conteúdo conforme ele é publicado em páginas ou grupos públicos ou privados, revisão dos resultados de pesquisas e consultas de usuários, revisão das atividades ou os tipos de conteúdo que são publicados pelos usuários.

Falsos Aplicativos

Os falsos aplicativos, são como lobos disfarçados de ovelhas, eles aparentam ser legítimos quando você faz o download deles. É recomendado que mantenha suas configurações atualizadas e use apenas lojas de aplicativos oficiais para evitar aplicativos falsos.

Fique atento a erros de ortografia e avaliações falsas do produto. Esses aplicativos poderão te enganar por ter o mesmo profissionalismo de marketing que os reais.

A partir de agora, pense bem nas publicações que você posta nas redes sociais. Tenha mais atenção ao baixar os aplicativos que despertam o seu interesse. Lembre-se de que os dados estão sendo constantemente coletados sobre o que você faz online. Tente não emprestar seu telefone para pessoas que você não conhece e pesquise os aplicativos antes de baixá-los.

Assuntos relacionados a Apps espiões